CHAT ON-LINE - Fale agora mesmo com 
um corretor
(11) 4991-1870

Perguntas Frequentes

Principais dúvidas na hora de comprar um imóvel

Abaixo relacionamos e respondemos as dúvidas mais comuns sobre aquisição de um imóvel na planta.

Quais os cuidados necessários com a qualidade da construção ao comprar um imóvel na planta?

É fundamental verificar os imóveis construídos por essa empresa e observar a qualidade dos empreendimentos e materiais empregados.

Como posso confirmar a regularização do empreendimento?

É preciso verificar na Prefeitura Municipal a aprovação da planta do imóvel, checar no Cartório de Registro de Imóveis correspondente o registro da incorporação do empreendimento, observar se as plantas, as áreas e a metragem do imóvel estão de acordo com a aprovação da Prefeitura do Município e com o Memorial Descritivo (documento que descreve o material e os equipamentos a serem empregados no imóvel e integra o Contrato de Compra e Venda) e ainda certificar-se que o imóvel não está hipotecado.

Quais as providências que devem ser tomadas ao quitar o imóvel?

- Providenciar a Escritura Definitiva no Tabelionato de Notas, munido de todos os documentos pessoais do comprador, prova de quitação, contrato etc.;

– Registrar a escritura no Cartório de Registro de Imóveis competente para a efetiva garantia da propriedade do imóvel;

– Solicitar à Prefeitura por escrito a alteração do imposto territorial para seu nome e seu endereço.

O que pode ser cobrado do promissário comprador na falta de pagamento da prestação?

A correção monetária, juros de 1% ao mês e multa moratória.

Quais são os índices de correção pré e pós-chaves?

O índice de correção pré-chave é o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M). Já o índice de correção pós-chave é o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M).

O que é Tabela Price?

Sistema de financiamento em que as parcelas são iguais, a amortização crescente e o valor dos juros declinante. Também conhecido como Sistema Francês de Amortização.

O que é área privativa, área comum e área total?

Área privativa: é a área de um imóvel, medida em metros quadrados, de uso exclusivo de seu proprietário, ou seja, a área interna dos apartamentos delimitada pela superfície externa das paredes.

Área comum: espaço que pode ser utilizado por todos os moradores de um condomínio como, por exemplo, salão de festas, lobby de entrada, piscina, playground, entre outros.
Área total: é a somatória da área privativa (área interna da unidade e de uso exclusivo do adquirente) e quota parte da área comum (área externa à unidade e de uso comum dos demais condôminos) que cabe a essa unidade.

Posso reformar o imóvel após recebê-lo?

Sim, desde que a alteração seja compatível com as especificações construtivas e o projetos do empreendimento, tenha viabilidade técnica e não gere quaisquer risco à solidez e segurança do empreendimento, não acarrete quaisquer danos aos demais condôminos ou às áreas comuns (observados os termos da Convenção e Regimento Interno do Condomínio) ou que tenha aprovação (em assembléia geral de condôminos convocada para tal fim), cumprindo ainda normas e legislação municipais e mediante liberação de todos os órgãos responsáveis.

O que é garantia técnica e onde encontro seus prazos?

É o período em que a construtora e/ou incorporadora responde pela adequação do produto quanto ao seu desempenho dentro do uso que normalmente dele se espera e em relação a vícios que tenham sido constatados nesse intervalo de tempo. Os seus prazos são entregues pela construtora e/ou incorporadora no ato da venda por meio do Manual de Garantias do Proprietário e também do Manual do Proprietário, específico da sua unidade, adquirido no ato de entrega das chaves.

Quando receberei a escritura definitiva do imóvel adquirido?

A escritura do imóvel será firmada ao adquirente depois da averbação da construção e da especificação do condomínio, que por sua vez ocorrerá após a apresentação do Habite-se e da CND-INSS da obra junto ao cartório imobiliário, e desde que o preço esteja quitado na forma contratada e que não tenha mais ônus perante o imóvel e/ou financiamento contratado.

Como declaro um imóvel em construção no Imposto de Renda Pessoa Física?

A aquisição de imóvel deve ser informada de forma detalhada na coluna “Discriminação”. Na coluna “Situação em”, devem ser mencionados os valores efetivamente pagos até aquela data.

Confira as dúvidas mais frequentes na hora de reformar, decorar e mobiliar a casa

Posso utilizar pisos diferentes no quartos, na sala e no corredor?

O recomendável é padronizar os pisos e as paredes. Por isso, mantenha o mesmo material ou a mesma cor no piso (madeira, pedra ou pastilha de vidro) e na parede (pintada do mesmo tom). As trocas de ambientes ficam bem ao unificar nuances de claro ou de escuro; uma boa é seguir com o piso da sala pelos corredores e mudar de material apenas nos quartos ou suavizar quando o revestimento avança o outro (por exemplo: se a sala tem piso de madeira, o da varanda pode ter um deck do mesmo material).

Qual a melhor forma de integrar ambientes?

Ao mesmo tempo em que é prazeroso cozinhar e bater-papo com quem está na sala, pode ser desagradável ficar na sala exposto à movimentação e aos cheiros e barulhos desse ambiente. Por isso, opte por portas de correr que abrem e fecham conforme a situação ou ainda biombos. Para integrar as áreas de dentro e de fora aposte em panos de vidro e unifique o piso dos dois espaços.

Ambientes claros são mais agradáveis?

Os ambientes muito iluminados geram alerta e tensão, enquanto os espaços com luz reduzida provocam relaxamento e apatia. É preciso saber equilibrar.

O que há de novidade em iluminação?

O recurso tecnológico mais atual é o led. Por ter tamanho reduzido, permite várias configurações – de fitas finíssimas (10mm de largura e 3 mm de espessura) até produtos que lembram as lâmpadas bolinhas. Disponível em quatro tonalidades (vermelho, verde, azul e âmbar), ele se adapta bem ao dimer e ainda tem baixo consumo e ciclo de vida de 50 mil horas.

Qual a tendência para tapetes?

A moda são os listrados e suas variações (bi, tri e multicoloridos – e com linhas irregulares como se tivessem sido desenhadas). Vale colocá-los junto de uma cadeira especial ou um pufê mais clássico estofados com uma cor que pertença ao listrado.

Como não errar na cor da tinta?

Comece fazendo testes na parede para observar a influência da luz natural ou artificial do ambiente. Escolha três tonalidades próximas e faça a avaliação no ambiente mais claro.

Qual a melhor maneira de distribuir o mobiliário em salas pequenas?

Para provocar uma impressão de amplitude é recomendável distribuir os móveis de maneira linear (incluindo a iluminação no forro) e utilizar espelhos decorativos.

Coleções podem ser colocadas na sala?

Sim, mas os colecionadores precisam manter seus objetos queridos limpos e organizados (boas alternativas são nichos protegidos com vidro e caixas de acrílico com fundo de palha).

Como valorizar plantas por meio da iluminação?

A iluminação do vaso de plantas com lâmpadas dicróicas provoca um efeito de claro e escuro bastante agradável e a sombra valoriza o teto e piso.

O que é estilo retrô / vintage?

São decorações com elementos do passado, principalmente dos anos 40, 50 e 60. Atualmente são considerados in e encontrados em móveis, objetos e eletrodomésticos que esbanjam design.

Facebook
Twitter
Google+
http://www.braidoceceli.com.br/perguntas-frequentes/">
LinkedIn
Pinterest
RSS
SHARE